Páginas

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Imagina*



E havia um facho de alegria
A esbarrar no muro da impossibilidade.
Mas por ser abstrata,
Quase sem alarde
Em energia se fazia
Transpondo ao ponto
De virar realidade.


*Peço ao Chico o título emprestado. Ouve aqui!
**Imagem retirada daqui.

26 comentários:

Mary Pereira disse...

eu não poderia ter lido isto em melhor hora.
achei um pedacinho de mim aqui, nas tuas palavras.
passar aqui é sempre ganhar algo.

Beijos, querida!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

É como se a alegria
estivesse ali,
esperando que os olhos
aprendesees a enxergá-la...

Que haja em ti sempre sonhos
por sonhar.

Arnoldo Pimentel disse...

Belas e profundas palavras.Beijos

Dan RibLey disse...

Moni, que poesia inteligente e sutil! Meu Deus.
Muito obrigado pelo comentário no meu blog. Mudei os meus poemas para um outro blog onde pretendo rechear somente com poesias e afins. Se quiser divir suas impressões sobre as minhas palavras eu ficaria muito orgulhoso. danribley.blogspot.com

RICARDO disse...

"Poema com calor"

Quem não se encanta
com esse mormaço da Moni
ao cair desta "tarde santa"...?

Beijos e boa Páscoa pra vc!

NDORETTO disse...

A felicidade está onde a vemos.
Poeminha da filosofia desceu redondo,lindinho.

Nesta Páscoa:Renovemos a Fé na Ressurreição.
Feliz Páscoa pra você também,
abraços
Neusa

Carol Freitas disse...

E a alegria até abstrata é boa...diria até que melhor...

Vc acerta sempre! ;)

Beijo!

Mia Dailan. disse...

linda!
amei o blog
gostei do seu bom gosto
estou te seguindo agora
ganhou mais uma leitora
bjssss
ate mais!

Renata de Aragão Lopes disse...

Moni,

tudo lindo:
os versos e o visual do blog!

Minha admiração,

Will disse...

Moni,

Muito interessante criativo o blog, e os versos mostram a felicidade de modo abstrato, profundo...
Vou ser um frequentador do blog...
:D
bjss

Felipe Carriço disse...

É o que nos réstia.

Cris de Souza disse...

seus versos fazem jus a canção de chico.

beijo, moni!

Edu disse...

Às vezes eu tenho certo medo de imaginar certas coisas e elas virarem realidade... hehehe

Moni, ficou excelente a cara nova do blog!

Parabéns!

Bejo!

Tatiana disse...

Quando os nossos desejos e sonhos se realizam... Tudo muda e aos poucos vai ganhando cor!

Um beijo carinhoso e o meu desejo de que a sua semana seja maravilhosa!

Paulo Rogério disse...

Idéia. Sonho. Esperança. Luz. Todos nós merecemos ser felizes.
Beijo!

NDORETTO disse...

Aêêê.....adorei o novo visual do blog!!!!
Adorei a poltrona e o MEGA COMENTÁRIO NO POESIA RÁPIDA!
EU TAMBÉM FICO TODA CHEIA EM TÊ-LA NO CURTA-METRAGEM!

abraaaçooo

Neusa

Will disse...

Oi moça, parou de postar???
pegando umas férias, ein...
hahahaha
Obrigado por postar no meu blog...

bjss

Rafaela G. Figueiredo disse...

a-m-o essa música! :)
e o q vc escreve! e tenho saudade!
mas, aos poucos, volto...

o que está para além da imaginação - parafraseando Drummond - 'não cabe no infinito, e é fuga e vento'!

beijo, bonita!

glória disse...

Mônica, se eu tivesse o tempo necessário para a poesia, sentava e ficava incontadas horas a contemplar teu continente poético. isso é demais:

"E havia um facho de alegria
A esbarrar no muro da impossibilidade".

abraço querida!

paulo disse...

Há uma tênue linha entre o concreto e o abstrato, o real e o virtual.
E enquanto isto existir, imaginemos...

Gostei do poema Mônica.

Abraço

Elzenir Apolinário disse...

Adorei, Moni. Estou comemorando 2 anos de releituras. Venha comemorar comigo e leve o selo da amizade. Espero-te. Abraços.

FERNANDO COSTA disse...

E Fez-se a musica!

(lindo td por aqui, adorooooooooo!)

Aninha Kita disse...

Mooni! De férias do blog? Tenho lido pouco...
Adorei esse poema! E adorei a repaginada do blog! Muito lindo, leve...

Beijos, beijos!
Ana

J.F. de Souza disse...

fecho a porta
mas deixo sempre uma fresta
por menor que seja

mesmo quando quero me isolar
deixo brechas
para que a luz
venha até mim

Flá Perez (BláBlá) disse...

os muros das ipossiblidades foram feitos bem altos.
bjbjbj

Poesia Cibernetica disse...

Um blog de maravilhas aqui....quanto tempo, hein? To voltando aos pouco...Férias da nisso!!!