Páginas

domingo, 29 de novembro de 2009

Dama*


E então, enfim vou dançar
Ao som da tua melodia silenciosa.
Quero ver se acerto o passo
Cá bem longe do teu espaço
Pra não correr o risco de te pisar.
Vou feito dançarina formosa
Daquelas que invadem o salão
Duas voltas,
Uma taça,
Meia prosa
E mais um a me levar pela mão.

* O "batismo" do poema foi feito por Renata Aragão Lopes, lá do Doce de Lira, e carinhosamente acatado.

Imagem capturada do blog conversasemoff.worpress.com

22 comentários:

Pedro Antônio disse...

Puxa!

Você escreve bonito, hein!?

Uma linda semana!

Obrigado por escalar a Torre, sinal de que você não tem medo de altura! :)

Pedro Antônio
A TORRE MÁGICA

Tiago Moralles disse...

Me ensina a dançar?

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

A beleza deste poema está na liberdade que ele oferece ao ser amado.
Imagino que afetos verdadeiros são assim.
Ouvir as músicas silenciosas com seus variados tons é um eterno aprender.
Amores assim crescem e inspiram.

Semana de muitos sonhos para ti.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Moni,

O amor quando nos leva pela mão, sempre nos carrega pro melhor lugar.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Renata de Aragão Lopes disse...

Que formosura, Moni!
Poema encantador...

Apenas senti falta do título.
Bem que você confessou,
lá no doce de lira,
ter uma certa dificuldade
para batizar seus textos! : )

Amanhã, voltarei
para ver se alguma sugestão
me vem à cabeça...

Um beijo,
doce de lira

Geraldo de Barros disse...

Moni, seu poema é tão solto, tão leve, que assim que terminei de lê-lo fechei meus olhos e pude ouvi sua música. E realmente é como se estendesse a mão.

:)

beijos,
Geraldo.

A Moni. disse...

Ô, Pedro, obrigada!
Medo de altura??? Muito pelo contrário. Pés no chão é que me assustam...rs


Tiago! Com todo o prazer! Vem!


Aluísio e Rebeca... A beleza da poesia está também nessa diversa possibilidade de interpretações. A música toca diferente em cada ouvido... Que bom!


Feliz com o seu encanto, Rê! Vou te esperar pra esse batismo...


Dancemos então, Geraldo!

Beijos carinhosos a cada um de vocês!

Renata de Aragão Lopes disse...

Dama.

Título breve,
pomposo...
Foi o que me ocorreu,
ao reler o poema.

Beijo, querida!

Silvana Nunes .'. disse...

BOM DIA !
Antes de mais nada estou aqui para agradecer a visita e seu comentário tão significativo para mim. Eu ando um pouco ausente, minha conexão anda péssima, lentíssima - perco muito tempo para abrir os blogs, os mais carregados eu até desisto. Como já havia dito, eu moro dentro de um pedacinho da mata Atlãntica e o sinal aqui é muito dificultoso. Além do mais, com toda essa chuva que tem caído tenho mantido o meu computador desligado por conta dos raios, já queimei uma televisão por causa disso, aqui não tem pára-raios ( agora vê, acostumada com cidade grande, achei que no mato poderia existir um pára-raio - só eu mesma). Espero que compreenda as diversas limitações de quem escolheu viver no mato.
A medida do possível vou colocando as histórias, com a lentidão de sempre.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... agradece mais uma vez a sua visita esperando que volte sempre.
Saudações Florestais !
http://www.silnunesprof.blogspot.com

Gordinha disse...

Lembrei que não sei dançar...

O ruim de não saber dançar é que vc sempre é levada, e nunca tem a chance de embalar ngm!

Abraços!
=D

Talita Prates disse...

batizado pela Re,
é abençoado, então!

adoro a imagem
da dança ao som do silêncio
(inclusive já a utilizei em um poema,
"da recusa")

um bjo grande, Moni!
E paz. :)

Renata de Aragão Lopes disse...

Adorei "Dama"!

Acredita que colocou
"Dona" lá no doce de lira?
Vim até conferir
qual dos títulos
havia colocado! (risos)

Acho que você ficou
meio estonteada
com Edward Cullen... : )

Beijo, querida!
E obrigada por haver
acatado a sugestão!

O Profeta disse...

Porque será que os pássaros
Cantam na partida do dia
Porque será que um amante ausente
Fica de alma apertada, vazia?

Porque será que as ondas lamentam
Em sussuros de sal no areal
Porque será que as rezas são feitas
Para correr para o longe o perverso mal?


Boa semana


Doce beijo

A Moni. disse...

Gordinha, dançar é fechar os olhos e se deixar levar, como se ninguém estivesse olhando. Quando menos se espera, tem alguém sendo embalado pelos seus movimentos.
Experimenta!
Experimenta!


Rê... sorry! Acho que me desconcentrei mesmo...rs. Mas o certo, é que ficou certo!
Adorei!


Silvana, obrigada pela visita sempre, mesmo sabendo de sua correria... E eu sempre conferindo as histórias tão reveladoras!


Viu que bênção, Talita?
Vou lá procurar o "Da recusa" pra ver a tua dança silenciosa.


Profeta, se você descobrir, promete que me conta???


Beijos carinhosos...

Mara faturi disse...

AHHHHHHHHH MODEUSSSSSSSSSSSS..
Quero fazer poema com minha dindaaaaaaaaaa;(

Lindoooooooooooooooooo!!
Adorei!! duas queridas; Vc e Renata...mas vc está me devendo um hein?? dinda eterna de meu coração,
adoro ocÊ!!!
bjãooo * ) * ) *)
*postei poema (amor) novo lá no "curta"...espia

Felipe A. Carriço disse...

A te levar pela mão
E na boca, uma rosa.

Silvana Nunes .'. disse...

É com muita alegria que volto até aqui para apreciar o seu trabalho e para agradecer a sua visita.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... fala um pouco sobre o Embondeiro,muito conhecida no Brasil como o nome de Baobá, uma árvore muito simbólica para os povos em África.
Volte mais vezes, a cada dia uma história diferente.
Que a PAZ e o BEM estejam sempre com você.
Beijo.
Saudações Florestais !
http://www.silnunesprof.blogspot.com

Elzenir disse...

A dança é um poema em movimentos. Adoro dançar.Quinquilharias é ótimo, gostei. Bjs

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

NDORETTO disse...

Leve. Solto. Bom. Quem lê, vai junto!!!

bjs
Neusa,

http://poesiarapida.blogspot.com/

A Moni. disse...

Maroca! Vamos marcar esse dueto logo! Vou adorar, afilhadinha...
*) *)


A rosa deu um charme argentino à dança, Felipe... Adorei!


Elzenir, muito bem-vinda...que bom que gostou! Volte, viu?


Veja!!! \o/


Entre na dança, Neusa!

Beijo pra todo mundo...

Marcelo Novaes disse...

Moni,



Um jogo de tabuleiro, muito mais suave do que um tango. Assim soou pra mim.





beijos,









Marcelo.